Eurotrip: Bruxelas

Eurotrip: Bruxelas

Bruxelas com toda certeza superou todas as minhas expectativas de lugares que havia planejado na viagem. Terra do chocolate, fries, mas muito mais que isso terra da OTAN e nada menos que o Parlamento Europeu.

Bruxelas é uma cidade bem internacional, apesar de os dois principais idiomas falados por lá seja Francês e Holandês, quando chegamos pela primeira vez em Bruxelas na ida para o intercâmbio reservamos um hotel que era localizado na parte que existia mais moradores falando holandês. E na volta do intercâmbio ficamos mais dois dias por Bruxelas na parte francesa. Posso dizer que gostei das duas partes, pegamos os hoteis bem localizados o que nos possibilitou fazer todos os passeios á pé, sem precisar gastar com transporte, só pagamos por transporte nos momentos que precisavamos ir para o aeroporto e vice versa.

Não sei dizer se Bruxelas é sempre bem chuvosa, mas no período que estávamos (Outono) choveu praticamente todos os dias o que foi um pouco ruim, mas não nos impossibilitou de curtir a cidade. Bruxelas tem um ar bem depressivo e gótico, principalmente no centro antigo pelas construções antigas deixa esse ar mais sombrio, mas é lindo ver como era a arquitetura no passado e tudo brilha muito por ter detalhes pintados em dourado. Mas ao mesmo tempo fomos em uma otima época para bruxelas, uma cidade muito movimentada. No Grand Place, um dos pontos mais turísticos de Bruxelas é bem movimentado tivemos a honra de assistir um festival de musicas francesas, que sou grata até hoje de poder ter visto isso, mal sabia que um ano depois estaria eu estudando francês e ter meu cantor francês favorito Julien Dore e ter ido a um show dele antes mesmo de saber da existência dele haha. A vida é uma caixinha de surpresa.

Vale citar que nas ruas localizadas próximas ao Grand Place possuem varias lojas de chocolates belgas que são baratos e ótimos, uma dica muito boa de lembrancinhas. Me lembro de ter pago 10€ em 5 box de chocolate e minha familia amou. Anota esta dica!

Bruxelas é uma cidade barata comparada a Londres e Paris. Me senti frustada um pouco em bruxelas porque as pessoas sabem falar muitos idiomas é bem comum você entrar em grande lojas e ver pessoas com o crachás com uma bandeira da sua nacionalidade e varias bandeiras representando os idiomas que os mesmos falam. Então ser poliglota não é muito novidade por lá, visto que terra do parlamento europeu traz seus benefícios .

Não o irei falar lugares para vocês irem pois o melhor jeito de aproveitar bruxelas é sair andando sem destino e a cada esquina descobrir algo magnífico . Mas tenha power bank sem na bolsa carregada, não faça que nem nós que saímos para uma rápida andada e voltamos meia a noite no meio da chuva sem bateria, tudo fechado ainda bem que eu sou um google maps ambulante e me situo muito fácil e conseguimos voltar ao hotel, sã e salvos.